domingo, 22 de julho de 2012

Não é saudade é desapego.



Não é falta de saudade, é desapego. Não é falta de amor, é a certeza do tempo esgotado. Não é falta de interesse, é uma profunda ocupação com a minha própria vida. Não é mágoa, é indiferença. Não é exagero, é escolha.

Marla de Queiroz

Nenhum comentário:

Postar um comentário