terça-feira, 30 de outubro de 2012

Antes de julgar.




 Antes de julgar a minha vida ou o meu caráter, calce os meus sapatos e percorra o caminho que eu percorri, viva as minhas tristezas, as minhas dúvidas e as minhas alegrias. Percorra os anos que eu percorri, tropece onde eu tropecei e levante-se assim como eu fiz.
 E então, só aí poderás julgar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário