domingo, 11 de novembro de 2012

No fundo do meu poço existe uma mola.




Eu vou nomeando meus sonhos um por um. Colocando metas, fazendo projetos, com os dedos cruzados com uma fé inabalável, e com as minhas melhores vibrações. Claro que eu me frustro, faz parte da vida. Mas meu chão eu fiz de mola. Posso cair todos os dias, mas o resultado da minha queda é o impulso. Afinal no fim do meu poço tem uma mola..rss


Nina Queen!

Nenhum comentário:

Postar um comentário